26 de setembro de 2020
  • Gastronomia.com España
  • Gastronomia.com México
  • Gastronomia.com Perú
  • Gastronomia.com Colombia
  • Gastronomia.com Paraguay
  • Gastronomia.com Argentina
  • Gastronomia.com Ecuador
  • Gastronomia.com Portugal
  • Gastronomia.com USA
Siga-nos no  

17 de dezembro de 2015
Avaliação  (0)
Alimentos preparados em altas temperaturas podem causar de câncer
FacebookTwitterGoogle PlusLinkedin
Um novo estudo publicado pela Agência de Normas Alimentares do Reino Unido (FSA) alerta para os riscos causados por uma substância cancerígena, a acrilamida, que pode ser encontrada em alimentos submetidos a altas temperaturas em seu preparo, como torradas e batata assada e outros produtos ricos em amido.

Segundo o estudo, a acrilamida é associada também a riscos de danos aos sistemas nervoso e reprodutivo, e pode ser formada durante o processo de cocção prolongada dos alimentos. Se consumida em excesso, aumenta o risco de câncer.




A acrilamida é classificada pela Agência Internacional de Pesquisa do Câncer (Iarc), da Organização Mundial da Saúde (OMS), na mesma categoria da carne vermelha, ou seja, como um alimento provavelmente cancerígeno para humanos. Os efeitos nocivos do consumo de acrilamida foram analisados em laboratório através de testes em animais e, de acordo com a FSA, em humanos o efeito depende basicamente da quantidade de consumo.

A recomendação da Agência, porém, não é para que o consumo desses alimentos seja excluído do cardápio, mas que algumas medidas sejam tomadas ao se preparar alimentos como pães, biscoitos crocantes, batatas assadas ou fritas, cereais, e até mesmo café, e assim tentar evitar a formação da acrilamida.

Algumas dicas são:

- Não deixe alimentos passarem do ponto ao fritá-los ou aquecê-los.
- Ao fritar batatas, retirá-las do óleo quando estiverem levemente douradas.
- Torradas devem ser consumidas quando ainda estiverem com uma cor clara

Fonte: CANCIÓN COMUNIÇÃO 

Valora esta noticia