18 de janeiro de 2020
  • Gastronomia.com España
  • Gastronomia.com México
  • Gastronomia.com Perú
  • Gastronomia.com Colombia
  • Gastronomia.com Paraguay
  • Gastronomia.com Argentina
  • Gastronomia.com Ecuador
  • Gastronomia.com Portugal
  • Gastronomia.com USA
Siga-nos no  

12 de novembro de 2015
Avaliação  (0)
Chef leva projeto social para Santos
FacebookTwitterGoogle PlusLinkedin
Ela é conhecida por ser uma mestra na alquimia de transformar qualquer prato em fonte de saúde. Nas redes sociais, suas dicas sem muitas polêmicas, seus vídeos e receitas são a grande sensação entre os que buscam bem-estar por meio de uma boa alimentação. E para quem acha que essa onda de saúde é uma moda passageira Lidiane mostra determinação. Só este ano ministrou mais de 90 cursos para um público de mais de 10 mil pessoas, e, como consultora, em apenas dois anos já assinou o cardápio de 9 restaurantes pelo Brasil e se prepara para o décimo.

Depois de enfrentar o sobrepeso na infância e a anorexia na adolescência, Lidiane Barbosa conseguiu transformar seu amor pelos alimentos e pela cozinha em exemplo da culinária saudável. O cardápio criado por ela envolve principalmente o uso de biomassa de banana verde (espessante natural de sabor neutro). Também costuma fazer a substituição de farinha de trigo por farinhas de arroz, grão-de-bico, amêndoas, mandioca, féculas de batata e outras. Temperos funcionais também têm vez, a exemplo do açafrão, do cardamomo e da cúrcuma.




Atualmente ela vem aprimorando suas pesquisas com a utilização de plantas alimentícias não convencionais saudáveis, cujo tema ela abordou no XI Congresso Internacional de Nutrição Funcional, congresso que apresentou o que há de mais moderno e atual em termos de estudos e pesquisas científicas em palestras proferidas pelos mais renomados profissionais do mercado. “Com estas pesquisas percebo, por exemplo, que a folha de rabanete tem mais magnésio que a couve, e costumamos jogá-la fora, desperdiçando um grande potencial nutritivo”.

Graduada na Espanha, pós graduada em Gastronomia Funcional em SP a chef não sossega sua busca por conhecimento, tanto é que acaba de retornar de uma temporada na Europa onde se aprimorou em gastronomia vegana pela Le Cordon Bleu – Paris.

Seu mais recente projeto, Crescer e Semear, se propõe a levar saúde, sabor e informação para as crianças de escolas públicas, utilizando novos alimentos e apresentando novos sabores da chef e pesquisadora, todos com receitas livres de glúten, leite de origem animal, soja e açúcar refinado. A proposta é introduzir receitas produzidas com ingredientes acessíveis e simples, retirados da terra, e até com sobras de alimentos. “Começamos a percorrer escolas para ensinar de forma voluntária às crianças o gosto de se alimentar com ingredientes secretos e cheios de saúde. O mais divertido é que a própria criança prepara as receitas”, conta.

Bolo com casca de abobrinha, hambúrguer de feijão, pão com cenoura, biscoito de polvilho e cookies à base de biomassa são alguns exemplos das guloseimas que as crianças experimentam. Assim, Lidiane tem ensinado crianças a preparar seu próprio leite, seus brigadeiros e bolinhos com ingredientes acessíveis a todos. É uma aula-convite para conhecer novos alimentos, reconhecer antigos alimentos, sabores, cores, texturas e se alimentar de saúde e sabor. 

Lidiane costuma sugerir às famílias que incentivem desde cedo a alimentação saudável entre as crianças, levando-as para as feiras livres e para os supermercados para que conheçam produtos de qualidade. Garantir mais sabor e saúde na mesa parece ser a receita principal dessa chef, cujo trabalho vem ajudando muita gente a aliar o prazer da alimentação à longevidade.

Valora esta noticia